Equipe de combate ao fogo no PEMA recebe apoio da Prefeitura de Monte Alegre

0

A Prefeitura de Monte Alegre através da Secretaria de Meio Ambiente e Defesa Civil Municipal estiveram atuando diretamente junto com a equipe do Corpo de Bombeiros, Instituto de Desenvolvimento Florestal e da Biodiversidade do Estado do Pará (Ideflor-Bio) e voluntários, no combate ao fogo que se alastrou no Parque Estadual de Monte Alegre (PEMA), na noite de sábado (5) e por todo o dia de domingo, 7.

A Prefeitura de Monte Alegre foi acionada no início da noite de sábado, 5, que havia focos de incêndio no Parque Estadual de Monte Alegre, de imediato, o prefeito Jardel Vasconcelos enviou uma equipe da Defesa Civil Municipal para o local, que estiveram trabalhando no combate as chamas até às 1h da madrugada de domingo. Já na manhã de domingo, 6, a equipe da Defesa Civil e Secretaria de Meio Ambiente Municipal retornou para o Parque, dando apoio aos brigadistas voluntários e equipe do Corpo de Bombeiros que veio de Santarém para combater as chamas.

A Prefeitura disponibilizou um caminhão pipa com capacidade de 10 mil litros de água para dar suporte no combate ao fogo, também distribuiu água mineral para as pessoas que estavam trabalhando no local e comprou colchonetes para a equipe de bombeiros que dormiram no completo do PEMA. A Prefeitura também esteve dando apoio na alimentação das pessoas envolvidas no combate ao incêndio.

O coordenador da Defesa Civil Municipal, Leomar de Oliveira, afirmou que durante todo o dia de domingo, haviam 33 pessoas trabalhando diretamente para apagar o fogo no parque, sendo 9 bombeiros e 22 comunitários e do Ideflor Bio, assim como o próprio Leomar, além de diversas outras pessoas dando apoio com a alimentação e distribuição de água.

Na noite de domingo, o secretário de Meio Ambiente do município, Cid Baia, fez um relato de como estavam os trabalhos de combate ao fogo, “uma frente de fogo foi controlada, faltando o outro lado na parte Norte do Parque, e foi feito uma parte do controle dessa queimada. Como o local é de difícil acesso, foram suspensas as atividades”, disse Cid Baia, afirmando que a equipe tinha o propósito de retomar os trabalhos hoje pela manhã, mas durante a madrugada desta segunda-feira, 7, uma chuva caiu no município de Monte Alegre levando a possibilidade do fogo ter sido contido. Até o fechamento desta matéria a equipe da Defesa Civil e Secretaria de Meio Ambiente Municipal ainda permanecem no local, avaliando se existe a possibilidade de voltar a surgir focos de incêndio.

O FOGO – O incêndio iniciou na Serra da Lua, servidores do órgão e voluntários locais atuaram no Parque desde o início do incêndio. Além da Serra da Lua, também foram identificados focos de incêndio na Caverna Itatupaoca, mas as equipes encontraram dificuldades de locomoção devido ao terreno do parque ser acidentado, com pedras, serras, vales e uma vegetação tipo savana.

O PARQUE – O Parque Estadual Monte Alegre (Pema) é a primeira Unidade de Conservação criada com a participação da sociedade local, por meio da Lei Estadual n° 6.412, de 09 de novembro de 2001. O Parque está inserido na Área de Proteção Ambiental (APA) Paytuna, no município de Monte Alegre.

O Parque abriga pinturas rupestres existentes no conjunto de serras. Já foram cadastrados 26 sítios arqueológicos, 15 estão dentro dos limites do Pema, e todos apresentam pinturas rupestres.

Entre os anos de 1991 e 1992, a arqueóloga Anna Roosevelt escavou o sítio Gruta do Pilão – que ela chamou de Gruta da Pedra Pintada. A pesquisa revelou que as pinturas têm mais de 11 mil anos, sendo um dos vestígios mais antigos do ser humano na América do Sul.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Por favor, preencha seu nome auqi