Audiências Públicas discutem a instalação do Linhão de Tucuruí para Juruti e Parintins

0

O Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (IBAMA) iniciou na última segunda-feira (05) uma série de audiências públicas para discutir o Estudo de Impacto Ambiental (EIA) e o Respectivo Relatório de Impacto Ambiental (RIMA) da Linha de Transmissão 230 KV que ligará de Oriximiná a Parintins, passando por Óbidos e Juruti.

A primeira audiência pública aconteceu na cidade de Parintins, no Amazonas, na segunda-feira, 05, seguindo na terça em Juruti, na quarta-feira em Óbidos. A linha de transmissão vai interligar os municípios de Juruti no Pará e Parintins no Amazonas ao Sistema Interligado Nacional (SIN) através do Linhão de Tucuruí que passa na Calha Norte, os municípios de Oriximiná e Óbidos já estão interligados ao sistema.

O licenciamento ambiental da Linha de Transmissão 230 Kv Oriximiná-Juruti-Parintins e Subestações Associadas, foi iniciado em fevereiro de 2019, e embora ainda na fase inicial, já foram realizados os estudos ambientais EIA/RIMA e apresentado ao IBAMA com a solicitação de Licença Prévia (LP).

Nesse, momento, estão sendo realizadas as audiências públicas afim de apresentar, acolher e discutir sobre estudos ambientais realizados.

O prefeito de Juruti, Henrique Costa, destacou que foi a primeira vez que viu uma concentração tão grande da população na audiência, “para termos uma ideia da importância e da expectativa que todos vislumbram com a implantação desse projeto que é um sonho antigo”.

As audiências encerram hoje, quinta-feira, 07, na cidade de Oriximiná.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Por favor, preencha seu nome auqi